terça-feira, 21 de agosto de 2012

Formação do perfil do solo - C., M e F Solos.

  •O solo é composto por matéria mineral, matéria orgânica, água e ar;
  •Além da areia, argila e MO (fase sólida), o solo apresenta canais ou poros, importantes para armazenar água para as plantas e organismos, para permitir a drenagem do excesso de água da chuva, evitar a erosão e facilitar o crescimento das raízes;



 O solo resulta da ação simultânea e integrada de fatores e processos;
 •Fatores: rocha, clima, organismo, relevo e tempo;
Processos: perdas, transformações, transportes e adições;






A ação do clima e dos organismos que atuam sobre certo material de origem (rocha), que ocupa determinada paisagem ou relevo, durante certo período de tempo, são parte do meio ambiente.



Esses processos são responsáveis pela transformação da rocha em solo, diferenciando-se desta por ser constituído de uma sucessão vertical de camadas que diferem entre si na cor, espessura, granulometria, conteúdo de matéria orgânica e nutrientes de plantas.









 Perfil do solo: corresponde a uma seção vertical que inicia na superfície do solo e termina na rocha, podendo ser constituído por um ou mai horizontes;
 •Horizontes do solo: são as diferentes camadas que constituem o solo, formadas pelos processos pedogenéticos (adições, perdas, transportes e transformações). São designados por letras maiúsculas  - O, A, B, C e R.



  O: resíduos orgânicos (folhas, galhos, flores, frutos, fauna...).

A: horizonte mineral mais rico em matéria orgânica e grande atividade biológica.

B: horizonte mineral com máxima expressão de cor e estrutura;

C:  rocha intemperizada (alterada).


R:  rocha não intemperizada (não alterada).























Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário